• AceguáUrgente

Uruguai terá fronteiras fechadas para turistas no verão

O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, disse nesta sexta-feira (22), em entrevista coletiva, que as fronteiras vão permanecer fechadas durante o verão e advertiu que a Justiça perseguirá quem descumprir a quarentena assim que chegar ao país, após o aumento de casos de covid-19.


Locais turísticos foram fechados no início da Pandemia - Foto: Arquivo/Intendência de Maldonado

"O verão vai ser restrito e de fronteiras fechadas", disse o presidente, depois de se reunir com autoridades sanitárias e cientistas que assessoram o governo para tratar do aumento dos casos diários do novo coronavírus, registrado nas últimas semanas.


"As fronteiras ficarão basicamente fechadas, salvo exceções, que já são conhecidas e talvez alguma a mais", insistiu, explicando que a decisão foi tomada com vistas ao ocorrido em outros países. "Quando as fronteiras foram abertas, no relaxamento do turismo, países como a Islândia, que tinham poucos casos, dispararam", argumentou.


Ele reforçou que serão intensificados os controles a quem entrar no Uruguai, que atualmente permite a entrada de seus cidadãos, residentes ou por razões de trabalho ou familiares, entre outras exceções.


Todos devem apresentar um exame negativo para a covid-19 em um teste feito no máximo 72 horas antes e se submeter a uma quarentena de sete dias até fazer um segundo teste ou estender a quarentena a 14 dias.


O problema é que muitos dos que entram não cumprem este confinamento. Quem "tiver que fazer quarentena e não fizer, será levado à Justiça", esclareceu Lacalle Pou.