• AceguáUrgente

"Não tragam caravanas a Bagé para ver o presidente"

Atualizado: 2 de Ago de 2020

O prefeito de Bagé, Divaldo Lara, reforçou durante entrevista concedida à Rádio Gaúcha, na noite de ontem (29), a solicitação para que pessoas de outras regiões não viagem para Bagé, durante a visita do presidente Jair Bolsonaro, marcada para esta sexta-feira (31).

Antes de vir para o Estado, Bolsonaro visitou hoje a Bahia e o Piauí - Foto: Alan Santos/PR

“Não tragam caravanas a Bagé para ver o presidente, pois a agenda e o número de pessoas presentes no ato não passarão de 30 autoridades, já definidas, evitando aglomerações e seguindo os protocolos do nosso decreto em sintonia com a equipe presidencial”, ressaltou Lara.


Em comunicado oficial, a Prefeitura informou que 'serão tomadas todas as medidas de segurança, cumprindo os protocolos sanitários de combate ao novo coronavírus (Covid-19)' como medir a temperatura dos presentes e a exigência do uso de máscaras.


O presidente Jair Bolsonaro deverá desembarcar em Bagé, na manhã desta sexta-feira (31), para a entrega de 1.164 moradias construídas através do programa Minha Casa, Minha Vida.

Na agenda oficial, consta apenas a participação na entrega dos residenciais, mas a Prefeitura espera que o presidente visite também à Escola Municipal Cívico-Militar de Ensino Fundamental São Pedro. Em agenda extra-oficial, Bolsonaro deverá ser recepcionado no 3º Regimento de Cavalaria Mecanizado (RCMec) ao meio-dia. O prefeito Lara anunciou que deve aproveitar a presença de Bolsonaro para debater a obra da ‘famosa’ barragem da Arvorezinha e solicitar novas unidades habitacionais.

55 visualizações0 comentário