Dólar Hoje
 
  • AceguáUrgente

Marcus Aguiar participa do primeiro Encontro RS Cidades com governador Eduardo Leite

O prefeito eleito de Aceguá, Marcus Vinícius Godoy de Aguiar (Peti), participou da primeira edição do Encontro RS Cidades.



Promovido pelo governo estadual em parceria com a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), o seminário começou na quinta (10) com o objetivo de contribuir para a formação de prefeitos eleitos e reeleitos e fortalecer a integração entre Estado e municípios.


Aguiar que é do mesmo partido político do governador Eduardo Leite (PSDB), pretende estreitar relações com os diferentes órgãos estaduais, a fim de conquistar mais recursos para obras de infraestrutura e para a implantação de programas gerenciados pelo Estado. Segundo ele, o governador pretende implantar uma parceria com os municípios a partir do ano que vem em diversas áreas, tanto na educação, como saúde. “Como a gente aqui em Aceguá, carece de infraestrutura, gostei muito das propostas apresentadas pelo Estado junto aos municípios, com possibilidades de investimentos em pavimentação, praças, áreas de lazer, entre outros”, ressaltou.


Segundo Aguiar, além de apresentar projetos de melhorias para a sede do município, a nova gestão vai buscar junto ao Estado a pavimentação da RS-647, na Colônia Nova. “É uma satisfação enorme escutar hoje do governador sobre essa parceria que o Estado vai implantar a partir do ano que vem, já que começou a ficar mais saudável financeiramente. A gente vê com bons olhos e com certeza vamos querer muito essa parceria para infraestruturar Aceguá”, enfatizou.


Durante o encontro, o governador Eduardo Leite anunciou dois programas com recursos do Estado para investimentos nos municípios focados na pavimentação e na estrutura de áreas que tenham impacto na convivência dos cidadãos.

Durante as duas manhãs, o governador, secretários de Estado, o presidente da Famurs, Maneco Hassen, e prefeitos estiveram reunidos virtualmente, com transmissão pelo Youtube, para discutir o cenário que enfrentarão pelos próximos anos, principalmente pela crise fiscal e pela pandemia, e as possíveis soluções que poderão tomar de forma conjunta para superá-los.


PUBLICIDADE

“O primeiro passo na primeira metade do nosso governo era ajustarmos as contas do Estado para que voltássemos a pagar os compromissos em dia. Por isso, focamos na saúde, nos repasses a hospitais municipais que estavam em atraso, e no ajuste para o pagamento dos servidores em dia, o que fizemos em novembro. Agora, se não houver perda de receita, e eu confio na responsabilidade dos nossos deputados, poderemos abrir frentes de investimentos do Estado tanto na infraestrutura em que somos diretamente responsáveis, nas estradas especialmente, para incrementar pavimentações de acessos municipais e ligações regionais, quanto queremos o Estado como parceiro dos municípios viabilizando investimentos dentro das cidades, na infraestrutura urbana”, destacou Leite.


Segundo o governador, os dois programas estão em fase final de desenvolvimento e serão divulgados em detalhes no começo de 2021, mas já houve um “pré-lançamento” em primeira mão aos prefeitos no primeiro encontro com os eleitos ou reeleitos.


O primeiro deles é focado na pavimentação urbana, seja de ruas e avenidas quanto de outras obras viárias dentro dos municípios, e será realizado por meio de espécies de editais. As prefeituras poderão apresentar projetos ao governo e, se forem aprovados mediante critérios técnicos e socioeconômicos, receberão recursos do Tesouro Estadual. Esse programa também prevê apoio técnico e capacitação aos municípios para o desenvolvimento dos projetos.



O segundo projeto prevê apoio do governo para projetos icônicos dos municípios, como praças, parques e áreas específicas que favoreçam a convivência das pessoas e impactem na autoestima da população. O objetivo, conforme Leite, é tornar as cidades gaúchas mais atrativas para quem vive ou deseja investir no Estado.