• AceguáUrgente

Luiz Coronel lança ‘Memórias e Estórias do Visconde de Aceguá’ na Feira do Livro de Porto Alegre

Atualizado: 30 de Nov de 2020

O escritor bajeense Luiz Coronel está lançando o livro ‘Memórias e Estórias do Visconde de Aceguá’, na 66ª Feira do Livro de Porto Alegre. O evento literário da Capital acontece, este ano, com toda a programação on-line na página www.feiradolivropoa.com.br/, devido à pandemia do novo coronavírus.


Publicação faz parte da Coleção Esquilo - Foto: Mário Pereira

O livro infantil ‘Memórias e Estórias do Visconde de Aceguá’ faz parte da Coleção Esquilo, que conta com 10 volumes, todos escritos por Coronel. O Visconde de Aceguá é um alter-ego do escritor, visto que ‘Aceguá’ é vizinha do município de Bagé, local onde ele nasceu.

“Quando criança, os tios que me criaram iam a Aceguá. Eu sabia que na volta iria ter bolacha, camisa de lã para mim, sempre vinha um presente. Eu tenho uma lembrança romântica da cidadezinha que hoje é cheia de shopping. Então, eu criei o Visconde de Aceguá que é um alter-ego”, revelou o autor.

Além de escritor, Luiz Coronel é formado em Direito, atua como compositor e também publicitário. Em 2012 foi patrono da Feira do Livro de Porto Alegre. Com mais de 70 obras, recebeu prêmios no Brasil, Espanha e México, e tem edições traduzidas para o inglês e alemão.


No primeiro volume, com o livro ‘Ave Fauna’, o autor conquistou o prêmio da Revista Plural, no México. Anos mais tarde, com a obra ‘Venturinha, O Amigo do Vento’, obteve o prêmio Açorianos 2017, o melhor livro infantil. Já o livro ‘Dom Quixote, Memórias de um Cavaleiro Andante’, ganhou edição bilíngue, através do Consulado Espanhol do Rio Grande do Sul.

Questionado sobre o processo de criação de suas obras infantis, ele respondeu: “Quando eu crio para criança eu vivo um ciclo crianceiro, eu isolo o poeta amoroso, social, lírico, e liberto a criança que eu tenho dentro de mim, lembrando sempre que a criança é o pai do homem”, comentou.


Os livros da Coleção Esquilo têm produção gráfica da TAB Editora e contam com a participação de renomados ilustradores. No livro recém lançado, as ilustrações ficaram por conta de Andrea Ebert. A coleção tem o apoio do Grupo Zaffari e realização da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo do Governo Federal, com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura. Coleção Esquilo - O Dia da Inauguração do Mundo - Saturnino Desce ao Pampa - Ave-Fauna - A Eleição dos Animais - Declaração Universal dos Direitos dos Animais - Negrinho do Pastoreio - Dom Quixote, Memórias de um Cavaleiro Andante - Venturinha, O Amigo do Vento - A Grande Orquestra dos Bichos - Memórias e Estórias do Visconde de Aceguá Próxima obra

O novo projeto de Luiz Coronel é escrever um livro sobre os 200 anos da Independência do Brasil. “Agora eu pretendo me munir de todas as maneiras. Estou lendo muito livros sobre a história do Brasil, eu que já fui professor de história”, destacou. Aos 19 anos de idade, Coronel foi professor de história e literatura em um cursinho de pré-vestibular. “Um livro que seja muito crianceiro e muito alegre. Um livro que conte a história não só da cadeia de conflitos, o Brasil marca encontro com a história e não vai. Quero escrever essa história sem um lado amargo para as crianças, mas também sem nenhum lado ufanista”, explicou Luiz Coronel.

14 visualizações0 comentário
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter

Receba nossas atualizações

2020 por Maper Propaganda. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da direção do Portal de Notícias AceguáUrgente.