Dólar Hoje
 
  • AceguáUrgente

Governo gaúcho vai realizar pesquisa sobre o 4º ano do Ensino Médio

A Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul (Seduc) divulgou, na terça-feira, 26, que realizará uma pesquisa com os estudantes do 3º ano do Ensino Médio da rede estadual para embasar a estruturação e para identificar a demanda para o 4º ano do Ensino Médio.


A secretária de educação, Raquel Teixeira, contou que o investimento previsto para o 4º ano opcional, ou seja, não é um ano regular e sim de reforço, será de R$ 20 milhões. Por isso, é necessário o lançamento da pesquisa para ouvir do aluno o que ele quer: se preparar para a universidade ou para o mundo do trabalho. “Será basicamente um curso que vai fortalecer Língua Portuguesa, Matemática, Informática, Inglês e Projeto de vida. Esse é o perfil do egresso que os empresários desejam, segundo pesquisa que nós fizemos aqui. Então, é muito importante que todos acessem a pesquisa e respondam, para nortearmos os rumos da Seduc”, afirmou.

No formulário, estarão questionamentos voltados aos estudantes, como número de horas semanais que pretende reservar ao projeto, formato de preferência (híbrido, presencial ou remoto), componentes que quer que sejam abordados nas aulas, entre outras. O formulário será enviado para o e-mail @educar do aluno e ficará disponível entre 27 de outubro e 10 de novembro.

A implementação de mais 1 ano de ensino está entre as mudanças propostas na reforma do Ensino Médio que começa em 2022. A reforma mudará a carga horária, que passa de 4 para 5 horas/aula, e o conteúdo ofertado para estudantes dessa etapa. Essas modificações são regulamentadas por uma lei aprovada em 2017, que divide os conteúdos por áreas do conhecimento, a qual somente a Língua Portuguesa e a Matemática serão obrigatórias em todos os anos dessa etapa. Entretanto, o início da reforma vai variar de um estado para outro.