Dólar Hoje
 
  • AceguáUrgente

Consulado feminino do Grêmio de Aceguá se manifesta sobre caso de machismo na Arena

No dia 1 de novembro, o Consulado feminino do Grêmio FBPA de Aceguá emitiu uma nota de repúdio por meio das redes sociais sobre o relato de uma torcedora que alega ser vítima de machismo na Arena do Grêmio durante a partida de domingo, 31 de outubro, a qual Grêmio e Palmeiras se enfrentaram.



Em nota, o consulado feminino do Grêmio de Aceguá repudia toda e qualquer discriminação. “Nossa vestimenta jamais irá nos limitar, assim como qualquer outro aspecto. Para a guria que sofreu com o caso, nosso apreço e compaixão”, citaram.


Conheça o caso

Durante a partida entre Grêmio e Palmeiras pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, que ocorreu no domingo, 31, a torcedora Thais Ribeiro (foto), de 27 anos, afirmou ter sido vítima de machismo por parte de funcionários da Arena do Grêmio, local da disputa, e expôs o caso nas redes sociais.


PUBLICIDADE

No início do jogo, que começou às 16h, a analista financeira foi abordada por uma agente do estádio, vestindo um colete de identificação amarelo, que a orientou a "baixar o short". Thais conta que não entendeu o motivo da solicitação e questionou a funcionária, que não deu maiores explicações. Como a torcedora se negou a cumprir a ordem, foi convidada a se retirar do estádio e impedida de assistir ao jogo.


Texto: Joice Cougo