• AceguáUrgente

Aceguá terá número recorde de candidatos

Atualizado: 25 de Set de 2020

Os partidos políticos de Aceguá definiram, esta semana, seus candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores que irão disputar as eleições municipais deste ano. O município que foi emancipado, em 1996, teve a primeira eleição há exatos 20 anos. Este ano, será a sexta disputa eleitoral para decidir quem irá governar o Executivo Municipal e quais serão os nove representantes da população no Legislativo nos próximos quatro anos.



As eleições 2020, revelam diversas novidades e peculiaridades. Pela primeira vez, o atual prefeito Gerhard Martens (Dr. Geraldo) não participa da disputa. Ele participou de todas as eleições realizadas até então, vencendo duas vezes (2008 e 2016) e sendo derrotado em três (2000, 2004 e 2012) perdendo para o ex-prefeito, Júlio César Pintos.


A partir de 2021, Aceguá terá um nome diferente no comando da Administração Municipal. Pelo que indicaram as convenções dos partidos políticos locais, o município terá número recorde de candidatos nestas eleições. Pela primeira vez, serão cinco chapas majoritárias que concorrem a Prefeitura de Aceguá. Os vereadores Edmundo Pichler e Liziane Jardim vão disputar pelo MDB. O vereador Marcus Vinícius Aguiar - Peti (PSDB) e o ex-vereador Pedro Anildo Ardenghi (PTB) formam uma coligação, que terá o apoio do PT. O PL vai concorrer com Fernandinho Teixeira e Estel Lucas Rodrigues. O Democratas, com o apoio do Progressistas, concorre com Willi Janzen e Vilson Kuhn. Já o PSD terá o vereador Alfredo Castillos de Los Santos como candidato a prefeito, mas o vice ainda não foi divulgado.



Na disputa pelas nove vagas na Câmara de Vereadores, pelo que indicam as convenções, também haverá um número superior de candidatos em comparação a eleições anteriores. Até o momento, a previsão é de que o número ultrapasse os 60 concorrentes. Nas últimas eleições, em 2016, por exemplo, foram pouco mais da metade (33).


Confira a lista dos pré-candidatos a vereador divulgada pelos partidos:


MDB

- Anderson Foguinho

- Curuca

- Douglas Fernandes

- Flávia Pires

- Eduardo Gonçalves (Bidu)

- Henrique Thiessen

- Jocemar Casagrande

- Julieta Oliveira

- Júlio Cesar Pintos

- Júlio Lemos

- Liliane Pereira

- Percília Fraga

- Renato da Silva

- Ricardo Pires

PSD

- Alex Castillos de Los Santos

- Denise Butzke da Silva

- Etiane Ferreira Queroga

- Josué Sebastião Fortes dos Santos

- Maria de Lourdes Souza Ferreira

- Rafaela Vilamil Ribeiro

- Tovar Barcellos Oliveira

PP

- Beatriz Priebe

- Dalmiro Almeida

- Helmut Kroker

- Marcio Loebens

- Vanda Santos

DEM

- Arlenio Hubert

- Jeferson Mielke

- Ursula Janzen

PT

- Glécio dos Santos Rodrigues

- Hélio Oliveira Machado - Toco

- Tânia Mara Rodrigues Ferreira

PSDB

- Odete Ribeiro

- Jaqueline Ferreira

- Eudes Puntel

- Márcia Rodrigues Lucas

- Jonatan Requeiro

- Emerson Vidal Ferreira

- Jorge de Godoy Monteiro

- Idelmar Rodrigues

- Claudiomiro Machado (Tampinha)


*Com possibilidade de mais dois nomes

PL

- Bruno Pires Balsamo

- Luciano Gonçalves da Silveira

- Willi Barg

- Albano Alves

- Nelson Pereira

- Aroldo Seling (Milico)

- Maria Conde

- Sandra Velleda

- Mara de Deus Rodrigues

- Silvana Arce Silva

- Nilza Alves

- Aida Pereira Soares

- Nedi Barreto

- Ingrid Pinto


PTB

- Ayman Yacoub

- Daniela Bahmhardt

- Jair Ardenghi

- Pedro Danilo

- Tatiane Mendes

- Cláudio Nunes

- Pedro Blanco

- Marines Zanatto

- Tiago Arce Picaz